Agronegócio

comercialização

Comercialização da safra de café 2020/21 atinge 78%
A Safras & Mercado divulgou nesta semana que a comercialização da safra de café 2020/2021 estava em 78% até o último dia 12. O dado faz parte de um levantamento que mostra que as vendas evoluíram 4 pontos percentuais em relação ao mês anterior. Segundo a publicação, a comercialização está avançada frente a safra 19/20 e acima da média dos últimos 5 anos para o período, que é de 74%. Nesta sexta-feira, 15, o café teve alta de R$30 no mercado físico. Para o analista da Safras & Mercado, Gil Barabach, a alta é consequência de uma série de fatores. “ As cotações vêm acompanhando a comerciali

16/01/2021

Mercado interno

Frango: preço dos insumos sobe e diminui poder de compra do avicultor
Os preços do frango vivo caíram no mercado interno, refletindo uma diminuição das vendas de carne de frango desde o fim de dezembro, segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).   Já os preços de milho e farelo de soja, importantes insumos de ração, subiram, reduzindo o poder de compra do avicultor. Na média das regiões do Estado de São Paulo, o animal foi negociado a R$ 4,26/kg na parcial de janeiro (até 13), queda de 4,7% ante dezembro, mas ainda 36,6% acima do preço observado em igual mês de 2020. “As Festas de fim de ano e a consequente diminuição da demanda

16/01/2021

empreendimentos

Selo Biocombustível Social gera renda para agricultores familiares
Com cerca de 1.200 agricultores familiares, a Cooperativa dos Agricultores Familiares e dos Empreend

16/01/2021

Campo

Preço da vaca leiteira chega a R$ 4,7 mil em Rondônia
O preço da vaca leiteira chegou a R$ 4,7 mil em Rondônia nestes primeiros dias de 2021, de acordo co

15/01/2021

Farelo

FRANGO: Poder de compra frente ao farelo é o mais desfavorável desde jul/12
O recuo nas vendas de carne de frango no final de dezembro e neste início de janeiro fez com que o s

15/01/2021

Tahiti

CITROS: Colheita de tahiti ganha força em SP
A colheita de lima ácida tahiti está ganhando força no estado de São Paulo. De acordo com produtores

15/01/2021

Soja

Governo afirma que soja brasileira não "exporta desmatamento"
O Ministério da Agricultura divulgou uma nota para reafirmar que a produção de soja no país é sustentável e que a cultura do grão "não exporta desmatamento" conforme afirmou o presidente francês, Emmanuel Macron, em suas redes. “A declaração do presidente francês, Emmanuel Macron, sobre a soja brasileira mostra completo desconhecimento sobre o processo de cultivo do produto importado pelos franceses e leva desinformação a seus compatriotas”, diz o comunicado divulgado nesta quarta-feira (13). Segundo a pasta, o Brasil é o maior produtor e exportador de soja do mundo, abastecendo mais de 50 países com grãos, farelo e óleo. “Brasil tem uma das legislações ambientais mais rigorosas do

14/01/2021

Mercado Brasileiro

ALGODÃO: Indicador sobe mais de 13% na parcial do mês e renova máxima nominal
As valorizações do dólar e dos contratos futuros na Bolsa de Nova York (ICE Futures) neste início de ano têm impulsionado as cotações do algodão em pluma no mercado brasileiro. Segundo pesquisadores do Cepea, esse cenário favorece a paridade de exportação. Nessa terça-feira, 12, o Indicador do algodão em pluma CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, fechou a R$ 4,3137/lp, o maior, em termos nominais, de toda a série história desse produto, iniciada em julho de 1996. Na parcial deste mês (até o dia 12), o avanço do Indicador é de expressivos 13,24%.

14/01/2021

Preços Domésticos

CAFÉ: Preços iniciam ano em alta e Indicador atinge recorde nominal
Os preços domésticos do café arábica estão avançando neste começo de 2021. Na sexta-feira, 8, o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6, posto na capital paulista, fechou a R$ 625,71/saca de 60 kg, novo recorde nominal de toda a série histórica do Cepea, iniciada em 1996. Em termos reais, no entanto, o maior preço diário foi registrado em 28 de maio de 1997, quando o Indicador fechou a R$ 1.979,63/sc (os valores foram deflacionados pelo IGP-DI de dez/20). Nessa terça-feira, 12, o Indicador do arábica fechou a R$ 617,05/sc. Segundo pesquisadores do Cepea, o impulso vem da valorização do dólar frente ao Real e, especialmente, da retração vendedora.

14/01/2021

Importações Brasileiras

ARROZ: Em dezembro, Brasil importa 3º maior volume da história
As importações brasileiras de arroz seguem em bons volumes. Em dezembro, o total adquirido foi o terceiro maior da série histórica da Secex (iniciada em 1997), atrás apenas dos volumes importados em setembro e dezembro de 1998. Vale lembrar que o prazo da isenção da Tarifa Externa Comum (TEC) para aquisição de 400 mil toneladas de arroz de outras origens, que não o Mercosul, se encerrou no último mês de 2020. A Secex aponta que 217,42 mil toneladas de arroz (equivalente casca) chegaram aos portos brasileiros em dez/20, 16,7% superior ao volume recebido no mês anterior e expressivo crescimento de 239,5% em relação a dezembro/19. MERCADO INTERNO - Os preços seguem em queda na parcial deste pri

14/01/2021

Outras categorias